Festival de cinema da Nova Zelândia no Brasil



04 de Agosto de 2017


Entrada gratuita



Nove filmes neozelandeses estão na programação do Festival de Cinema da Nova Zelândia no Brasil, que durante o mês de agosto ocupará o Espaço Itaú de Cinema nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

Formada por uma seleção de longas que impressiona pela força dos personagens e das histórias, a seleção de filmes traz produções premiadas em todo o mundo, documentários, filmes baseados em fatos reais e obras de ficção.

"Brasil e Nova Zelândia têm muitas semelhanças e, talvez, a mais interessante delas seja o fato de que os dois países acumulam grandes histórias, vividas por personagens aparentemente triviais e documentadas em obras cinematográficas. As obras que selecionamos para o Festival abordam essas possibilidades. São filmes que traduzem para o cinema a força dos personagens, o impacto, as contribuições e revoluções que podem ser causadas por indivíduos." Afirma a embaixadora da Nova Zelândia no Brasil, Caroline Bilkey.

Lançado no ano passado, o aclamado "Mahana" foi indicado a seis prêmios no New Zealand Film and TV Awards 2017 e é um dos selecionados para a mostra. O filme fala sobre a rivalidade entre duas famílias, que atravessa gerações até ser questionada por um jovem de um dos clãs.



O trabalho do escritor está também em outros dois filmes da mostra: "A Encantadora de Baleias" e "White Lies". O primeiro leva às telas a história de uma garota Maori impedida de liderar sua comunidade por ser mulher. Sucesso no mundo todo, o filme rendeu uma indicação ao Oscar para a atriz Keisha Castle-Hughes, que na época das filmagens tinha 13 anos.



Já "White Lies" fala sobre a relação de três mulheres diante de um segredo e também foi sucesso de crítica.


O Festival é oferecido pela Embaixada da Nova Zelândia no Brasil, por meio da parceria com o Ministério de Cultura, Artes e Patrimônio da Nova Zelândia e com a New Zealand Film Commission.

As exibições no Brasil fazem parte de um projeto que este ano percorre também Argentina, Paraguai, Chile, México, Cuba e Colômbia.